Critérios de avaliação da prova de redação

A redação será avaliada com base em cinco competências:
I) domínio da língua formal escrita;
II) articulação entre leitura e escrita;
III) estrutura profunda do texto;
IV) estrutura superficial do texto;
V) proposta de intervenção.


COMPETÊNCIA I – Domínio da escrita formal da Língua Portuguesa

Objetivo: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa

O domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa compreende a adequação do texto às regras gramaticais de modo a possibilitar a fluidez de sua leitura.


COMPETÊNCIA II – Articulação entre as capacidades de leitura e escrita

Objetivo: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

Compreensão do que é solicitado pelo comando da redação, ou seja, o tema (núcleo das ideias sobre o texto, delimitado a partir de um assunto mais abrangente) a ser desenvolvido na forma de texto dissertativo-argumentativo (capacidade de argumentar acerca de um tema definido pela proposta de redação, pela coletânea e pelos conhecimentos do candidato sobre o tema). Enfim, avalia-se a habilidade de integrar a leitura da proposta e a escrita da redação.


COMPETÊNCIA III – Encadeamento textual – Planejamento do texto

Objetivo: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Elaboração mental de um projeto de texto ou planejamento prévio da escrita da redação, de modo a escolher os argumentos que serão utilizados para sustentar um texto articulado, claro e coerente.


COMPETÊNCIA IV – Encadeamento textual – Estrutura do texto

Objetivo: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção do texto.

Execução escrita do texto planejado, garantindo uma estruturação lógica e formal entre as partes da redação, que diz respeito à organização, à sequenciação e à interdependência coerente entre as ideias do texto.


COMPETÊNCIA V – Proposta de intervenção

Objetivo: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Expressão das possíveis soluções para a questão discutida, quando o candidato deve expor uma ou mais ações interventivas, bem como, quem pode executá-la(s), por que meio(s) e o(s) possível(eis) efeito(s) advindos da(s) intervenção(ções).